Image Image Image Image Image

facebook  |  twitter  |  scribd  |  issuu  |  youtube  |  vídeo galeria  |  webmail 

Scroll to Top

To Top

Arassussa

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Projeto Araçuaí Sustentável

O projeto Arassussa: Araçuaí Sustentável, teve início em 2005 e é resultado dos esforços integrados e articulados de 13 organizações brasileiras do segundo e terceiro setores, ligadas à Fundação AVINA. Elas estão unidas em torno do objetivo/desafio comum de contribuir concretamente para a transformação social do Vale do Jequitinhonha, fazendo de Araçuaí, cidade-pólo da região, uma Cidade Sustentável. “A Transformação Social como Causa – Um Brasil Sustentável como Meta”, é o lema deste projeto. Com atuação em diversas regiões brasileiras, as instituições não se organizam em forma de rede, mas em uma plataforma, convergindo suas “expertises” de gestão com tecnologias sociais de comprovado sucesso.

As 13 instituições que participam do projeto, integradas por líderes-parceiros da Fundação AVINA, têm um trabalho reconhecido nacional e internacionalmente, sendo referência no campo das tecnologias sociais. Em 2005, todos saíram de Araçuaí convencidos de que, naquela cidade e região, onde o CPCD atua desde 1998, existiam condições objetivas para a realização de um trabalho efetivo de transformação social. Isso significa dizer que a base humana e comunitária de participação estava formada, criando um território adequado para abrigar nossos ideais e realizar a nossa causa.

Num processo de intensa aprendizagem, foram definidas coletivamente as bandeiras e causas, e as razões para que cada instituição convergisse – e não transferisse – seus pontos luminosos, suas tecnologias, suas expertises, seus talentos. Assim nasceram os “arassussas”, nome com o qual identificamos os líderes e instituições que participam e constroem a plataforma do projeto “Araçuaí Sustentável”. Realizamos dezenas de encontros e teleconferências até chegar a uma formulação consensual de nossa bandeira, expressa em um objetivo geral – a transformação social – e quatro objetivos específicos: o empoderamento comunitário, o compromisso ambiental, a satisfação econômica e os valores éticos, humanos e culturais.

Para atingir estes objetivos, usamos três premissas ou estratégias metodológicas: o território como ponto de partida, as alianças interinstitucionais e as tecnologias conectadas de forma sistêmica.

Por sua vez, todas as atividades estão conectadas com os sete focos do projeto: água, energia, alimento, habitação, trabalho, educação e cultura. Construir esta matemática é o grande desafio e meta do CPCD, instituição-coordenadora da plataforma, nos próximos cinco anos.

Objetivo Geral

Articular tecnologias sociais em uma mesma localidade (Araçuaí – MG), potencializando o trabalho de educação popular já existente e implementando novas ações nas áreas de segurança alimentar e hídrica, agroecologia e energias renováveis, orientando o desenvolvimento local no sentido da sustentabilidade em suas dimensões social, ambiental e econômica.

Objetivos Específicos

(1) transformar o Sítio Maravilha em um centro de referencia em tecnologias sociais, (2) trabalhar os conceitos de sustentabilidade e aplicação de tecnologias sociais junto aos núcleos familiares, (3) capacitar professores municipais em permacultura e implementar o conceito de habitas Sustentáveis junto a uma escola local.

Ações Prioritárias

(1) agroecologia e transição para agriculturas de base ecológica,  (2) atividades não agrícolas no meio rural,  (3) educação de jovens rurais como agentes de desenvolvimento sustentável, (4) capacitação de extensionistas e agricultores familiares em arranjos produtivos locais, (5) capacitação em cadeias produtivas do biodiesel.

 

Último Informativo
Relatórios

Vídeo Galeria

Onde estamos?